O Incrível caso dos Gêmeos que Nasceram de Mãos Dadas

Duvido você não se emocionar com esta história do gêmeos que nasceram de mãos dadas. Incrível! Incrivelmente LINDO! Nos EUA, mais precisamente no Akron General Medical Center em Ohio, Sarah, gestante de 33 semanas precisou correr para o hospital, para fazer a cesariana de seus Gêmeos.

Cabe ressaltar que as gêmeas Jenna e Jillian já eram literalmente inseparáveis. Devido a uma formação atípica, a gravidez monoamniótica, as duas dividiam espaço num mesmo saco amniótico antes de nascer. Por isso, desde de março deste ano, a mãe Sarah Thistlethwaite precisou ficar internada, acompanhando de perto os sinais vitais das filhas e seu estado de saúde. Após a cesárea, na última sexta-feira, as gêmeas não romperam seus laços e vieram ao mundo de mãos dadas .

Fonte: F7NEWS

gemeos que nasceram de maos dadas
gemeos que nasceram de maos dadas

Jenna e Jillian

Esse tipo de gravidez, segundo o Hospital, é muito rara 0,3% do total de gestações, além de requerer muita atenção pré-natal. O Manual de Genética Médica explica a condição monoaminiótica da seguinte forma: “Os gêmeos podem ser verdadeiros (monozigóticos ou idênticos) ou falsos (dizigóticos ou não-idênticos). Os casos de gêmeos verdadeiros têm uma incidência por gravidez próxima de 0.4%. (…) Há diferentes tipos de gêmeos monozigóticos consoante o momento que ocorre a separação dos blastômetros. (…) Se a divisão ocorre após a primeira semana, os gêmeos partilharão uma placenta e um saco aminiótico comuns – gravidez monocorial e monoaminiótica, o que é uma situação rara, com uma frequência inferior a 1% dos gêmeos monozigóticos.”

gemeos que nasceram de maos dadas
gemeos que nasceram de maos dadas

Bebês logo após o parto

Se a separação dos blastômetros tivesse ocorrido apenas alguns dias depois, consistiria no caso de gêmeos siameses, que nascem com partes grudadas ou comuns do corpo e precisam de cirurgia para separá-los. Ou seja, na condição de gêmeos idênticos monoaminióticos, os fetos permanecem em contato constante durante toda a gravidez, e o acompanhamento médico é extremamente importante. Sarah permaneceu no hospital pelos dois últimos meses da gestação em observação, para que os médicos acompanhassem de perto o desenvolvimento dos bebês que neste caso podiam se enrolar no cordão umbilical um do outro ou apresentar anomalias, o que felizmente não foi o caso, e o nascimento das duas gêmeas, que se desenvolveram dentro da mesma placenta e dentro do mesmo saco aminiótico foi um sucesso. Sarah e Bill, o casal Thistlewaite, tem outro filho de 15 meses.

Os bebês Jillian e Jenna nasceram saudáveis e ficaram na unidade neonatal do hospital, procedimento natural no caso de parto gemelar e mais natural ainda por serem prematuros.

As gêmeas raras foram para casa no dia 10 de junho de 2014, conforme noticiado pelo hospital e pela família.

parto de gemeos univitelinos
parto de gemeos univitelinos

 

 

Fonte: CNN

Veja Também:

Hugo R Reis

Redator de sites como a Blasting News, F7News, Oimliega, 1News e no Superinteressantes. Contato: hugo@oimeliga.com.br

Noticias curiosas, mistérios, fotos curiosas, videos engraçados is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache

%d blogueiros gostam disto: