É possível ter prazer anal? Mulher afirma que orgasmo é mais intenso que o sexo convencional.

A mulher diz ter descoberto o sexo anal e não consegue ficar sem. Como namorado ‘não tem as manhas’ ela descobriu uma forma de resolver o problema.




O sexo anal é envolto de muitos tabus. Mas também pode ser considerada fonte de prazer para muitas pessoas. O UOL entrevistou a mineira Mônica, 31 anos, que confessa ter começado com a prática há cerca de 6 meses e diz que pode ser mais prazeroso que o sexo vaginal.Mônica, que é economista revelou que experimentou a prática com seu ex-namorado nas últimas férias. Nota: a garota tem um relacionamento sério há cerca de 3 anos. Ela relata a escapada como fantástica e diz que o atual namorado “não tem as manhas”.

Fica com receio da dor, tem preconceito. E ela entende a posição do rapaz de respeitar os limites do corpo.

Ela também confirma que buscou um outro parceiro para manter a prática sexual.

Mônica que se sentiu tão realizada com a prática afirmou que o tesão se sobrepõe a dor e que a dor é secundária. A moça confirma que existiu no início algum “incômodo” e que dói até hoje, mas o prazer é intenso que nem mesmo necessita de outro tipo de estímulo.

Veja mais sobre sexualidade

Apenas a penetração faz a moça chegar ao orgasmos, segundo ela.
Como não pratica com o namorado, ela o chama de “tradicional. Ou seja, o que é tradicional, faz-se em casa, o que é selvagem, ela busca alternativas fora. Atualmente ela se relaciona “às escondidas” com um homem também comprometido que encontrou um site de encontros sexuais.

Ela afirma que o homem comprometido domina a prática e a deixa bastante à vontade.
Mônica finaliza a entrevista confessando que não consegue viver mais sem o sexo anal, já que na sua opinião, proporciona um orgasmo muito mais intenso que o sexo convencional, que tem com seu atual namorado.





O site também entrevistou uma sexóloga que falou sobre o assunto. Eliane Maio, professora-doutora em psicologia da UEM (Universidade Estadual de Maringá), no Paraná, afirma que a prática sexual é envolta num mito por conta da deseducação sexual e da pouca informação que se tem sobre os prazeres da prática. A região é propícia para um estímulo sexual e até um orgasmo, uma vez que é “cheia” de terminações nervosas.
O assunto é polêmico. Qual sua opinião? Comente!

O site informa que o nome da entrevistada foi trocado para preservar sua privacidade.

Veja Também:

Reis

Redator de sites como a Blasting News, F7News, Oimliega, 1News e no Superinteressantes.

Noticias curiosas, mistérios, fotos curiosas, videos engraçados is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache

%d blogueiros gostam disto: