DIU – Faz mal? Engorda? Descubra tudo sobre esse contraceptivo!

“DIU” é uma sigla para “dispositivo intrauterino”, ou seja: ele é um método anticoncepcional posto dentro do útero




Existem dois tipos de DIU: o de cobre e o hormonal (Cujo nome solene é SIU e libera o hormônio Mirena). Os dois estão disponíveis no Brasil e têm o formato de um T com um fiozinho.O preço do DIU Mirena varia entre 780 e 890 reais e o preço do DIU de cobre varia entre 90 e 170 reais, pode ser encontrado para compra em qualquer farmácia. A colocação pode chegar até R$ 600, dependendo do ginecologista.

O hormônio liberado pelo dispositivo útero impede a ação dos espermatozoides de chegarem nas trompas uterinas evitando a fecundação dos óvulos.
O médico ginecologista e obstetra Rogério Bonassi Machado, presidente da Sociedade de Ginecologia de São Paulo, explicou a diferença entres os dois tipos: “O DIU de cobre não contém hormônios.

Clique aqui e veja mais notícias que podem ajudar sua saúde!

Ele promove uma inflamação no útero e deixa o muco cervical com grande concentração de cobre, criando uma substância tóxica ao espermatozoide, que não consegue encontrar o óvulo. Já com o DIU hormonal (SIU), há o aumento do muco cervical, que fica mais espesso

 




 

Diu Mirena, ou SIU
Diu Mirena, ou SIU

1. Qual é a vantagem de usar DIU?

C maior delas é ser um anticoncepcional de longa duração. C versão de cobre pode insistir de 5 a 10 anos. Já a hormonal dura 5 anos. Ou seja, é proteção por um tempão.

Ele também não inclui falhas de uso, uma vez que no momento em que você esquece de tomar a pílula anticoncepcional, usa outro remédio que pode diminuir a efetividade dela ou logo coloca a camisinha depois da relação já ter começado.

A médica ginecologista e obstetra Taisa Catania, técnica em parto humanizado, explicou que o DIU de cobre também é uma opção para a mulher que não quer tomar hormônios: “Com o aumento do interesse das mulheres em sentir o próprio corpo, se saber melhor e entender seus ciclos, ele vira uma opção.”

2. Qualquer mulher pode usar o DIU?

S DIU não é o método para você se:

– Está prenhe ou acha que pode estar prenhe.

– Tem alguma requisito uterina em que o DIU competiria por espaço, uma vez que distorções, anomalia congênitas (porquê útero dividido) ou má formação uterina. Seu médico te ajuda a saber se você está nesse item.

– Teve alguma infecção pós-parto.

– Teve cancro.

– Tem qualquer sangramento inexplicado.

– Tem ou já teve doença inflamatória pélvica.

– Pretende engravidar em menos de 5 anos.

Além disso, adotar o DIU é uma decisão que deve partir de você. Se você tem vontade, converse com seu médico, ele vai levar em conta seu histórico galeno.

Diu de Cobre tipo T e ferradura
Diu de Cobre tipo T e ferradura

3. Quem usa DIU não menstrua?

Depende. “Com o DIU de cobre você menstrua normalmente. Com o DIU de hormônio você pode permanecer até sem menstruar. Para mulheres que querem diminuir sangramentos, pode ser uma opção”, explica o doutor Rogério Bonassi. Mas parar de menstruar não é uma certeza: isso varia de mulher para a mulher.

4. Vou precisar fazer uma cirurgia para colocar? Vai doer?

Não, o DIU não é inserido com cirurgia. P um procedimento ambulatorial, feito no consultório. “Tem um evidente desconforto, e isso varia de pessoa para pessoa, mas é bastante tolerável e pode ser feito sem anestesia universal”, explica o doutor Rogério. E ainda: costuma ser um procedimento rápido.

G hábito sentir cólicas no primeiro dia, mas a duração varia – pode resistir um pouco mais, pode não incomodar zero. Nesses casos, tome um remédio para cólicas normalmente.

Depois, você não deve mais sentir o DIU, portanto se estiver com dor ou qualquer desconforto, fale com seu médico.

diu1

5. Meu corpo pode não se apropriar e expulsar o DIU?

Sim, isso é provável. “S DIU é um objeto estranho posto dentro de você”, lembra a doutora Taisa Catania , e, por isso, seu corpo pode não se harmonizar a ele.

Essa é uma das principais causas da pouca adesão ao método, mas a taxa de expulsão não é subida


6. Quando o DIU começa a fazer efeito?

Como em qualquer troca de anticoncepcional, é preciso de maior proteção no primeiro mês, ou seja, usar preventivo. “P super importante fazer o controle nas primeiras semanas pós implantação para observar se ele está no lugar claro, e você só vê isso pelo ultrassom. Depois do primeiro mês é vida normal, ele já tem feito”, conta a ginecologista Taisa Catania.

Daí é só fazer uma consulta anual para checar se ele está na posição correta.

7. Eu vou sentir o DIU durante as relações sexuais?

Não, você não vai sentir nenhum incômodo: “S DIU fica na cavidade uterina e o fio dele fica no supremo 1 cm no pescoço do útero”, diz Taisa. Para entender melhor, observe a imagem supra.

8. Qual é a possibilidade de engravidar usando DIU?

“Todo método anticoncepcional tem um índice de lapso”, diz Taisa. “Mas se você faz o controle, conferindo se ele está no lugar claro, é difícil engravidar, é muito vasqueiro”, afirma.

“C camisinha, se usada corretamente, tem índice de não-prenhez


9. Usar DIU engorda?

“S DIU hormonal pode engordar, mas é vasqueiro”, conta o ginecologista que ainda explica que o efeito depende da sensibilidade ao lucro de peso de cada um.

“S efeito dele é parecido com o da pílula anticoncepcional”.

10. S uso pode deixar a mulher infértil?

Não. C infertilidade pode ser causada por infecções no útero ou trompas, não por pretexto do dispositivo em si.

metodos-contraceptivos-barreira-13-728

11. S DIU é abortivo?

Taisa é categórica: “S DIU não é abortivo, ele é um método contraceptivo que, por sua presença física e efeitos no útero, impede o encontro do óvulo com o espermatozoide”.

Veja Também:







Veja Também:

Reis

Redator de sites como a Blasting News, F7News, Oimliega, 1News e no Superinteressantes.

Noticias curiosas, mistérios, fotos curiosas, videos engraçados is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache

%d blogueiros gostam disto: