Minas de Carvão: Do trabalho Infantil e Escravo ao Fim da água no Planeta

É meus amigos, a coisa não tá fácil. Já é relativamente bem conhecida a condição de trabalho em grande parte das Minas de Carvão, principalmente em países onde a legislação trabalhista não é muito rígida. Aliás, onde a legislação é rígida, como podemos considerar no Brasil, ainda encontramos trabalho infantil e análogo ao Escravo em Minas no Interior, imaginem vocês na Índia e interior da China? Pois é, pasmem vocês que a situação pode ser piorada e muito, quando analisamos todo o processo produtivo e água desperdiçada no processo. Estamos destruindo o Planeta pra gerar mais e mais energia. Com várias soluções de energia limpa, infelizmente o Carvão ainda tem um potencial enorme. Agora, some-se a poluição para gerar e consumir o Carvão , ao consumo de água EXAGERADO, necessário para se produzir o insumo.

Num estudo que o Greenpeace divulgou recentemente, seus especialistas analisaram o consumo de água em usinas de carvão. Hoje existem cerca de 8.359 que estão ativas e outras 2.688 planejadas para entrar em atividade. É isso aí, existem ainda quase 3mil usinas planejadas para serem abertas e destruírem o Planeta. Essas usinas consomem tanta água no processo de produção do Carvão, aponta o estudo, que apenas para referência: uma usina de carvão de tamanho médio que gere 500 MegaWatt/H absorve a água de uma piscina olímpica a cada três minutos. A água é usada durante o processo de geração de energia (geralmente no processo de resfriamento) e também para extrair o carvão do solo.

Ainda há um agravante: Quase metade (45%) dessas usinas ficam em áreas que não têm água doce o suficiente (nem mais no subsolo). Outras 600 das novas usinas planejadas estão em locais em que em breve esgota-se a água subterrânea.  A falta de água, em algumas vezes, foi causada pelo carvão ou extração de petróleo. Por óbvio, além de destruir a natureza, as usinas destroem a água e o ar.

Leia também: Lago surge “do nada” na Tunísia! É lindo e perigoso!

usinas-china
Para uma referência o mapa (obtido pelo Gizmodo) mostra nas áreas escuras da China e Países vizinhos, esgotamento de água no solo. Quanto mais escura, maior o esgotamento de água.

Da quantidade de Usinas planejada para abertura 10% delas só na China. A Índia é outra vilã no processo possuindo uma poluição do AR, muito maior que na China (aliás o pior ar do Mundo). Na sequência os EUA vem melhorando seu posicionamento na escala de vilão do Carvão, pois tem substituído gradativamente (hoje já mais de 50%) o carvão pelo Gás.

Quais são as nações mais dependentes da produção de carvão? Polônia e África do Sul, onde 85% da energia provém desse tipo de fonte.

Novas tecnologias vem sendo estudadas para frear o uso da água no processo, como o resfriamento a seco, mas, de verdade, a solução definitiva é trocar a forma de combustível enérgico das plantas para soluções mais limpas. Isso demanda investimos astronômicos em Países como Índia e África do Sul, emergentes. Mas o que cuta mais caro? Saúde Pública, Falta de Água (que passariam a ser recorrentes ou investimento na Indústria apenas uma vez!?!

Leia Também: Um tapa na cara de Hitler! Bebe da propaganda Ariana era Judeu.




Veja Também:

Reis

Redator de sites como a Blasting News, F7News, Oimliega, 1News e no Superinteressantes.

Noticias curiosas, mistérios, fotos curiosas, videos engraçados is Stephen Fry proof thanks to caching by WP Super Cache

%d blogueiros gostam disto: